• Tiago Koch

Doula? E eu?

Não vamos confundir as coisas.


Existe sim um lugar do homem no parto, e inclusive quando ocupado positivamente, pode ser determinante para que tudo ocorra da melhor forma possível.


Porém, por mais que você faça cursos sobre parto, saiba fazer massagens e outras técnicas de auxílio , não podemos esquecer que você também estará envolvido emocionalmente, afinal é o seu filho que está nascendo, e esse envolvimento pode desencadear processos no qual nem sempre temos controle.

Além disso, o parto pode durar muitas horas, e ter com quem dividir as demandas pode ser importantíssimo.


Outra coisa importante. Nós homens podemos ser importantes, mas não somos essenciais. A mulher vai parir com você ou sem você.


O parto é um evento feminino e é natural que mulheres busquem apoio de outras mulheres nesse momento.

Percebo que essa conexão é ancestral, e que essa ancestralidade traz elementos exclusivos, no qual nós homens, parceiros, não temos como oferecer. Algo que talvez seja difícil de compreender, mas que deve ser respeitado.


O homem e a doula devem constituir uma dupla, unidos, focados em um único objetivo: dar apoio para que a mulher possa protagonizar o seu momento, o parto, com amor e empatia.


"Doulas são mulheres que trazem o conhecimento íntimo do parto, enquanto o parceiro traz o conhecimento íntimo de você." (Beyond Childbirth Doulas)


Um abraço,

Tiago Koch

 

Gostou desse conteúdo?


Você pode ficar por dentro de muita informação em nosso Canal do YouTube!



 

Fotografia: Sarah Stanley

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo