top of page
  • Foto do escritorTiago Koch

O mito do amor materno

Atualizado: 13 de abr. de 2022


A mulher não nasce para ser mãe, mas provavelmente esse mito esteja enraizado em você marujo.

.

"O amor materno não é instintivo, natural, intrínseco. É um sentimento humano como outro qualquer.

O amor materno não é inerente às mulheres. É "adicional''.

.

Frases do livro " Um amor conquistado: o mito do amor materno" de Elisabeth Batinder.


Ninguém nasce sabendo trocar fraldas, dar banho, amamentar, fazer o bebê parar de chorar ou dormir. Se você não sabe ou está aprendendo, acredite, ela também.


Sempre que identificamos nossas limitações no ato de cuidar, o mais comum é transferirmos as responsabilidades para as mulheres , pois no fundo acreditamos que ela vai saber mais ou melhor, e isso pode ser cruel.


O mito do amor materno provavelmente é um dos fatores que mais geram frustrações e culpa para as mães, e que consciente ou inconscientemente podemos reforçar.


Ocupe seu lugar marujo, entregue-se.


  • E você marujo , qual ou quais as demandas que você acredita que pode e deve fazer, e não faz?


  • Porque será? O que nos faz "esquecer" de coisas tão básicas e importantes? Já pensou nisso?


Um abraço,


Tiago Koch

 

Gostou desse conteúdo?

Você pode ficar por dentro de muita informação em nosso Canal do Youtube!



 




59 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page