• Tiago Koch

Puerpério é sinônimo de crise?

Atualizado: 13 de abr.


O simples fato de se ter a presença de um novo ser entre o casal já é motivo para uma desorganização da relação.

E é essa desorganização no qual chamo de crise.


A energia que se concentrava exclusivamente entre as duas partes ganha um novo caminho, um novo foco.


A privação de sono com a chegada do bebê, comum a muitos casais, pode se tornar uma rotina. E garanto, pode tirar qualquer um do estado de equilíbrio.


As interferências familiares podem se tornar desconfortavelmente invasivas, mesmo que seja por amor.


A invisibilidade sobre os profundos e intensos sentimentos que podem , e provavelmente irão surgir, desalenta.


Mas veja bem, crise não é necessariamente sinônimo de separação, por mais que um dos maiores índices de divórcios ocorre entre casais com filhos de até 3 anos.


Como toda crise, o puerpério também pode trazer novos e belos caminhos.


Essa pode ser uma grande oportunidade para resignificarmos, reconstruímos, ou até mesmo encontrarmos o que há de mais lindo e potente na vida.

O amor, o cuidado... um propósito.


Conte comigo!


Tiago Koch

 

Esse é um dos temas abordados no curso Puerpério para Homens.


Acesse o link para obter mais informações.

 


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo